Última hora

Última hora

Almôndegas do IKEA deixam de ser vendidas na Tailândia

Em leitura:

Almôndegas do IKEA deixam de ser vendidas na Tailândia

Tamanho do texto Aa Aa

Foram retiradas do mercado tailandês as almôndegas fabricadas na Suécia para o grupo IKEA.

Na origem da decisão está a carne de cavalo detetada nas embalagens vendidas pela multinacional.

O produto já tinha sido retirado das prateleiras do IKEA em países como Portugal, França e Espanha depois de uma inspeção ter revelado erros na etiquetagem.

Os consumidores parecem conformados com a dimensão do escândalo:

“Não me surpreende que tenha sido encontrada carne de cavalo. Isto porque é natural encontrar diferentes tipos de carnes nas almôndegas” afirma uma mulher.

Outra adianta: “eu como carne de cavalo porque é saudável. Só não entende porque foram estes animais vendidos a tão baixo preço. Talvez tenha a ver com algum problema de saúde ou porque eram de raça e, como tal, não se destinavam ao abate.”

A carne de cavalo é mais barata que a de vaca e não representa um risco para a saúde pública exceto quando detetada a presença de fenilbutazona, um analgésico utilizado para cavalos, que torna esta carne imprópria para consumo.