Última hora

Última hora

Europa preocupada com futuro político de Itália

Em leitura:

Europa preocupada com futuro político de Itália

Tamanho do texto Aa Aa

O resultado das eleições em Itália e o clima de ingovernabilidade estão a preocupar os parceiros da Europa. Uma das reações vem do presidente do Parlamento Europeu, Martin Schultz, que pediu aos italianos alguma união em torno da lista vencedora, para que se evite novas eleições: “Um dos Estados membros mais importantes da União Europeia precisa de um governo estável. A Itália é um país do G8, é a quarta maior economia da União Europeia, por isso o que acontece em Itália afeta-nos a todos”.

Guido Westerwelle, ministro dos Negócios Estrangeiros da Alemanha, frisou a importância de continuar as reformas: “A Itália tem um papel fundamental na gestão da crise europeia da dívida, por isso esperamos que esta política de consolidação e de reformas seja continuada por um novo governo”.

De França, vem a reação do ministro das Finanças, Pierre Moscovici, que quer ver a Itália unida em torno de Bersani. O presidente François Hollande é um dos maiores aliados europeus do vencedor destas eleições: “Espero que o senhor Bersani consiga formar um governo, que possa ser para nós ser um interlocutor amigável, empenhado na construção europeia”, disse Moscovici.