Última hora

Última hora

Grupo com ligações ao movimento Fatah reivindica ataque

Em leitura:

Grupo com ligações ao movimento Fatah reivindica ataque

Tamanho do texto Aa Aa

Um grupo armado ligado ao movimento Fatah reivindicou o lançamento de um roquete contra o sul de Israel para vingar a morte de um palestiniano numa prisão hebraica.

Um ataque que apanhou de surpresa os habitantes de Ashkelon.

“Fiquei admirado porque as coisas estavam calmas desde novembro, pelo menos na zona onde vivo” afirma um homem.

O projétil disparado a partir da Faixa de Gaza não provocou vítimas, mas gerou o pânico junto da população.

O presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmoud Abbas, já comentou o ataque:

“Se não existissem palestinianos nas prisões não haveria manifestações. Se os colonos israelitas não queimassem as colheitas dos palestinianos não seriam atacados”

A morte Arafat Jaradat detido desde meados de fevereiro originou vários protestos. Em causa a forma como Israel tratou este e outros prisioneiros palestinianos.