Última hora

Última hora

Bernanke defende política monetária da FED

Em leitura:

Bernanke defende política monetária da FED

Tamanho do texto Aa Aa

“A política monetária da Reserva Federal norte-americana (FED) tem mais vantagens do que inconvenientes”: as palavras foram proferidas pelo presidente da FED, Ben Bernanke, que, na audiência no Congresso, tentou acabar com os rumores de que o banco central norte-americano poderia pôr fim ao programa de compra de ativos de 85 mil milhões de dólares.

Ben Bernanke assegura que no “atual ambiente económico, os benefícios do programa de compra de ativos e a política acomodativa são claros. A política monetária está a dar um forte apoio à retoma. Manter as taxas baixas a longo prazo ajuda a retoma do setor imobiliário”.

Em janeiro, as vendas de casas novas dispararam 15,6% para máximos de quatro anos e meio, e os preços no final de 2012 registaram as maiores subidas em seis anos.

Segundo o analista David Blitzer, o setor imobiliário tornou-se um dos “pontos centrais da retoma económica. Contribuiu fortemente para o PIB no terceiro e quarto trimestres do ano passado. Os dados de 2012, em termos de preços das casas, revelaram-se muito fortes”.

Os dados do setor imobiliário são apenas um dos argumentos a favor da política da FED. A confiança dos consumidores está em alta, apesar do impasse nas negociações orçamentais, e em janeiro, as encomendas de bens duradouros, excluindo defesa e transportes, registaram a maior subida desde finais de 2011.