Última hora

Última hora

Grillo rejeita aliança com Bersani

Em leitura:

Grillo rejeita aliança com Bersani

Tamanho do texto Aa Aa

O líder do Movimento Cinco Estrelas, a terceira força mais votada nas legislativas em Itália, recusa viabilizar qualquer tipo de governo.

Numa mensagem no Twitter, Beppe Grillo disse que não pretende dar voto de confiança ao Partido Democrata, de centro-esquerda, liderado por Pier Luigi Bersani.

O humorista vai mais longe. Diz que Bersani é um “morto que fala” e acusa o político italiano de importunar o Movimento Cinco Estrelas com propostas indecentes.

A coligação de centro-esquerda que controla a Câmara Baixa não conseguiu uma maioria absoluta no Senado. O PD elegeu 123 senadores, mais seis que a coligação líderada por Silvio Berlusconi de centro-direita. Um número insuficiente para governar.

Os italianos acreditam que o partido de Grillo é o único capaz de desbloquear esta situação

“Não há grande esperança para Itália, a partir do momento que 30 por cento dos eleitores votam em Silvio Berlusconi. Creio que seria positivo se o Partido Democrata fizesse um aliança com o Movimento Cinco Estrelas porque é uma força nova e jovem” afirma uma italiana.

Outra adianta: “espero que o Movimento Cinco Estrelas não facilite a vida dos políticos. Não estou desesperada. É uma situação difícil, mas não é impossível. Vamos acreditar que as coisas podem melhorar.”

À espera de melhores dias estão também os líderes europeus que temem pelo reacender da crise da dívida. A solução para o impasse pode passar por um aliança com Sílvio Berlusconi ou por novas eleições.