Última hora

Última hora

Telescópio comandado à distância

Em leitura:

Telescópio comandado à distância

Tamanho do texto Aa Aa

Um novo telescópio controlado à distância na Tasmânia, Austrália, vai permitir que cientistas de todo o mundo possam observar através da mesma lente. O telescópio Harlingten é um sistema automatizado, com uma base de dados de observação disponível 24h por dia, através da Internet.

Os cientistas esperam observar o centro da Via Láctea, supernovas e outras galáxias a milhões de anos-luz de. O novo observatório será um dos únicos capazes de observar as Nuvens de Magalhães, as galáxias mais próximas da nossa.

Andres Cole, Astrónomo: “Funciona capturando a luz de objetos muito distantes. O espelho primário redireciona a luz para um espelho secundário, que a foca para uma câmera. Um dos principais projetos em que estamos concentrados é na procura de planetas à volta de outras estrelas e esperamos ser capazes de captar entre 20 a 30 por ano.”

O observatório, com um custo a rondar os 4,5 milhões de euros foi criado por uma equipa de apenas cinco cientistas. O projeto é liderado pela Universidade da Tasmânia e para ser explorado por cientistas e estudantes. Mas pessoas de todo o mundo anseiam experimentá-lo.

Andres Cole: “Já recebi e-mails de pessoas de tão longe como de Massachusetts nos EUA e na Alemanha, perguntando-me quando o podem usar”.

O Telescópio Harlingten será utilizadas na investigação, como no estudo das centenas de estrelas com características semelhantes ao sol.