Última hora

Última hora

União Europeia restringe pesca de espécies não comercializáveis

Em leitura:

União Europeia restringe pesca de espécies não comercializáveis

Tamanho do texto Aa Aa

O Conselho de Ministros das Pescas da União Europeia adotou uma medida que pretende restringir a devolução, ao mar, das espécies não comercializáveis.

O objectivo, diz a nota final do Conselho, é evitar a captura inútil de peixe, o que enfraquece a biodiversidade.

A medida vai ser adoptada por fases, com ínício já, em 2014.

O assunto já tinha estado em agenda, no último verão, mas sem avanços.

Esta quarta-feira, foi dado um passo em frente, como disse a Comissária das Pescas:

“A Comissão respeita este acordo. Acho que o Conselho de Ministros deu um passo em frente, comparando com as considerações de ordem geral, de Junho. Um passo em frente, uma grande mudança”.

As negociações entre os 27 ministros das Pescas e a Comissão Europeia prolongaram-se por 20 horas.

Este tipo de capturas, mais a pesca de exemplares com calibragem inferior à permitida, representam 25 por cento do volume de pescado.

As associações ecologistas têm protestado contra esse tipo de pesca.

E esta quarta-feira, voltaram a acusar os ministros dos 27, que não foram tão longe quanto deviam.

A nova directiva prevê que estas espécies, depois de pescadas, possam reverter para fins caritativos.