Última hora

Última hora

Haruhiko Koruda é candidato à liderança do Bando do Japão

Em leitura:

Haruhiko Koruda é candidato à liderança do Bando do Japão

Tamanho do texto Aa Aa

É oficial. O candidato à presidência do Banco do Japão é alguém favorável a uma política monetária agressiva, esperando-se, por isso, mais estímulos à terceira economia mundial.

O primeiro-ministro Shinzo Abe propôs ao parlamento o nome de Haruhiko Koruda para governador do banco central. A nomeação terá de ser aprovada pelas duas câmaras do parlamento.

Haruhiko Koruda, 68 anos, era até agora presidente do Banco asiático de Desenvolvimento. É um defensor do reforço do programa de compra de ativos, privilegiando os ativos domésticos aos transacionados em divisas estrangeiras, para injetar dinheiro na economia nipónica.

O analista Brian Jackson considera que “a depreciação do iene nos últimos meses tem sido forte, refletindo de forma antecipada mudanças futuras na política monetária japonesa já agressiva. Espero agora uma consolidação e, a curto prazo, a subida do iene nos próximos meses”.

A depreciação do iene, que fez recear uma guerra cambial, é o resultado dos vários estímulos implementados nos últimos meses pelo banco central do Japão sobre pressão do governo. A instituição duplicou para 2% a meta de inflação e vai lançar o programa ilimitado de compra de ativos em 2014.

O iene depreciou, o que acaba por ser benéfico às exportações. Tóquio quer relançar o crescimento, depois de a economia ter contraído nos últimos três trimestres.

Se o nome de Koruda for aprovado pelo parlamento, o novo governador tomará posse a 19 de março.