Última hora

Última hora

O "abençoado" negócio das lembranças do Papa

Em leitura:

O "abençoado" negócio das lembranças do Papa

Tamanho do texto Aa Aa

Em tempos de crise, o negócio é abençoado. Na hora da despedida, os católicos querem guardar uma lembrança do Papa Bento XVI. Imaginação não falta e há de tudo para todos os gostos e carteiras.

“Comprei alguns postais que lhe posso mostrar e isto – aponta para um calendário – para levar uma prenda para casa. Vimos da aldeia onde nasceu o papa Bento XVI”, relata uma fiel.

Um comerciante diz esperar que, depois de um ano de crise, haja um aumento das vendas.

Muitos louvaram a coragem de Bento XVI em renunciar ao cargo. Os fiéis querem guardar um pedaço de história e levar o Papa para casa…

Uma comerciante revela que por estes dias vendem-se muitas lembranças deste Papa. “Essencialmente objetos de devoção, pequenas medalhas, fotografias de Bento XVI… As pessoas querem ficar com um testemunho histórico”, diz.

A enviada especial da euronews ao Vaticano, Manuela Scarpellini, constata: “O Vaticano não é só religião. Para os comerciantes a resignação do Papa e o próximo conclave são uma oportunidade para relançar o negócio.”