Última hora

Última hora

Portugal acentua desemprego na Zona Euro

Em leitura:

Portugal acentua desemprego na Zona Euro

Tamanho do texto Aa Aa

Portugal era em janeiro de 2013 o terceiro país da Zona Euro com mais desempregados: 17,6 por cento. Mas é a Grécia que lidera a lista com 27 por cento da poulação ativa sem trabalho, segundo dados de novembro de 2012.

Em Itália, a população ativa sem trabalho aumentou em janeiro para 11,7 por cento. Mas é Espanha, com 26,2 por cento, que ocupava em janeiro a segunda posição no top do desemprego na Zona Euro, onde a taxa subiu no geral para os 11,9 por cento.

O desemprego é, obviamente, um problema que afeta a produção europeia. Na Zona Euro, a produção recuou 2,4 por cento e na União Europeia 2,3. São dados de dezembro revelados esta sexta-feira pelo Eurostat e nos quais é reportado o recuo de 4 por cento da produção industrial portuguesa.

Ainda assim, de um modo geral, a queda de produção da Zona Euro foi menor em dezembro do que em novembro (-4 por cento) e outubro (-3,4 por cento). O mesmo aconteceu em toda a União Europeia (-3,6 por cento em novembro e -3 por cento em outubro).