Última hora

Última hora

Tribunal pede prisão para Berlusconi

Em leitura:

Tribunal pede prisão para Berlusconi

Tamanho do texto Aa Aa

O Tribunal da Relação de Milão quer ver Silvio Berlusconi atrás das grades. Os procuradores pediram a aplicação da pena que tinha sido aplicada em primeira instância, que condenou o ex-primeiro-ministro italiano a quatro anos de prisão, por fraude fiscal, relacionada com direitos de transmissão por parte dos canais da Mediaset. A pena, se for aplicada, é automaticamente reduzida para um ano, por causa de uma lei de amnistia.

Berlusconi defende-se: “Nunca estive envolvido na compra de direitos televisivos, nem durante as minhas atividades anteriores, nem depois de entrar para a política. Nunca participei em negócios de direitos, nunca escrevi nenhuma carta nem nenhum contrato, nem tomei parte em qualquer negociação. Este sistema judicial é a doença do sistema, é um cancro da nossa democracia”.

Berlusconi é acusado de ter comprado direitos de transmissão de filmes através de empresas-fantasma e tê-los depois vendido ao grupo de que é dono, Mediaset, por um preço inflacionado Berlusconi terá assim constituído um saco azul, no estrangeiro, que lhe permitiu pagar menos impostos. Ao todo, Berlusconi foi envolvido em mais de 30 casos de corrupção, mas nunca foi condenado.