Última hora

Última hora

Tunisinos fazem "Harlem Shake" contra o poder

Em leitura:

Tunisinos fazem "Harlem Shake" contra o poder

Tamanho do texto Aa Aa

O “Harlem Shake”, a dança que se está a tornar viral na Internet, é agora também uma forma de protesto.

Na Tunísia, cerca de quarenta jovens fizeram a dança frente ao ministério da Educação. Apesar do apelo no Facebook a uma mega-manifestação, foram poucos os que compareceram, para protestarem contra a decisão de punir um grupo de estudantes que tinham colocado na Net um vídeo a fazer o Harlem Shake.

“É uma forma de expressão, não conseguimos fazer-nos ouvir pelas palavras, por isso decidimos dançar. Além disso, como esta dança foi proibida, desafiar a proibição acrescentou mais interesse. É bom desafiar a proibição, porque acrescenta valor à nossa ação”, diz um dos participantes.

O Harlem Shake é mais uma forma de atacar o poder dos islamitas no país. Os radicais fizeram desta dança um inimigo. Vários grupos de jovens foram atacados por estarem a fazer o Harlem Shake, considerado contrário aos princípios do Islão.