Última hora

Última hora

Ucrânia e Rússia podem chegar a acordo sobre o diferendo do gás

Em leitura:

Ucrânia e Rússia podem chegar a acordo sobre o diferendo do gás

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente ucraniano Victor Yanukovich vai a Moscovo na próxima semana e na agenda estão as negociações sobre conflito energético. Yanukovich, numa conferência de imprensa, deixou entender que pode dar a gestão dos gasodutos que passam pelo país…para que o preço das importações de combustível baixem.
Exigência que tem sido feita pela Rússia.
Victor Yanukovick explicou que “a nossa proposta é simples: a rede de transporte de gás, os nossos gasodutos continuam a pertencer à Ucrânia, não os vamos vender. Mas cedemos o controlo da exploração e da modernização.”

Outra das questões abordadas por Yanukovich foi a possível libertação um ex-ministro ucraniano, ligado à antiga primeira ministra Yulia Timochenko. Iouri Toutsenko está preso desde 2010 condenado por abuso de poder e tem graves problemas de saúde.
O presidente ucraniano afirmou que Toutsenko “está numa situação complicada. Se o tribunal não o libertar, vou tentar encontrar forma de sair da prisão.”

Naquela que foi a primeira conferência de imprensa do presidente da Ucrânia nos últimos 15 meses, os jornalistas acabaram por aproveitar o momento para se manifestar contra a falta de liberdade de imprensa e alguns usaram máscaras com a cara de Victor Yanukovich.
Uma jornalista foi mesmo retirada da sala e só voltou a entrar depois da insistência dos jornalistas da Euronews presentes na conferência.