Última hora

Última hora

Ambiente de mal-estar na visita de John Kerry à Turquia

Em leitura:

Ambiente de mal-estar na visita de John Kerry à Turquia

Tamanho do texto Aa Aa

De visita à Turquia, o secretário de Estado norte-americano criticou em Ancara o discurso do primeiro-ministro Tayyip Erdogan, que na quarta-feira durante uma reunião da ONU em Viena comparou a islamofobia a um crime contra a humanidade.

A crítica de Kerry provocou um ambiente de mal-estar na primeira visita a um país muçulmano, onde deveria abordar com os dirigentes turcos matérias como a guerra civil na Síria, o programa nuclear iraniano e o contraterrorismo.

Em Istambul algumas centenas de pessoas manifestaram contra a presença de Kerry.

“John Kerry veio hoje à Turquia com ambições imperialistas. Sabemos muito bem que não está aqui com intenções amistosas. Isso fica provado com a deslocação de mísseis Patriot para as nossas fronteiras e com a retórica e as ações do Governo do AKP.
Lançámos aviões de papel contra o consulado da Holanda, para mostrar que aos olhos do simples cidadão esses mísseis são pouco mais do que armas de papel”, disse uma manifestante.

Em conferência de imprensa, Kerry referiu também que o discurso de Viena veio complicar o processo de reaproximação entre a Turquia e Israel após em 2010 um comando israelita ter atacado um navio que tentava romper o bloqueio a Gaza matando nove militantes turcos.