Última hora

Última hora

Confrontos no Egito

Em leitura:

Confrontos no Egito

Tamanho do texto Aa Aa

A praça Tahrir no Cairo voltou a ser palco de violentos confrontos entre a polícia e manifestantes.
As autoridades tentaram reabrir o trânsito no centro da capital do Egito e em reação alguns carros foram incêndiados.
Os confrontos acabaram por provocar cerca de 200 feridos.
A praça Tahrir tem sido epicentro dos protestos, tanto de apoiantes como de opositores do presidente eleito, o islâmico Mohamed Mursi.

A cidade do Cairo esteve também sob grande tensão por causa da visita do secretário de Estado norte-americano John Kerry. Num encontro com Morsi, Kerry pediu mais empenho do presidente na união política do país…e prometeu ainda que os Estados Unidos vão ajudar o Egito a recuperar a economia dando de imediato 250 milhões de dólares.

Entretanto, as ruas para o aeroporto do Cairo foram bloqueadas por manifestantes e a saída do secretário de Estado norte-americano teve que ser atrasada.

No nordeste do país, em Port Said, os confrontos entre manifestantes e a polícia fizeram mais de 250 feridos.
A violência tem-se repetido desde que o tribunal condenou à morte 21 indivíduos, acusados de serem responsáveis pela morte de 74 pessoas em confrontos após um jogo de futebol em Port Said, no ano passado.