Última hora

Última hora

Portugal na rua grita "Basta!" à austeridade

Em leitura:

Portugal na rua grita "Basta!" à austeridade

Tamanho do texto Aa Aa

“Grândola, Vila Morena”, foi grito de revolta por todo o país, numa manifestação contra a política de austeridade do Governo.

Segundo o movimento organizador “Que se lixe a ‘troika”, o protesto estendeu-se a cerca de 40 cidades e terá levado mais de um milhão e meio de pessoas para as ruas.

Em Portugal e em algumas cidades do estrangeiro, gritou-se “basta” de austeridade e pediu-se a “demissão” do Governo de Passos Coelho.

“É para dizer ao senhorPassos Coelho que eu tenho a liberdade de gritar a minha revolta pela incompetência, pela falácia, pela mediocridade, pela desonestidade, por tudo”, disse uma manifestante em Lisboa.

“Se o Governo vir que isto se passa e tiver a perceção que tem a população contra ele, vai-se embora. Senão tiver, penso que isto não vai parar”, afirmou um outro.

As imagens de protesto repetiram-se de norte a sul do país, na Madeira, nos Açores e em cidades europeias como Paris, Madrid, Londres, Barcelona e Budapeste.

Na capital francesa, os manifestantes explicaram o que os levou a emigrar e a aderir a um protesto sobre as condições de vida no país para onde pretendem regressar um dia.