Última hora

Última hora

Egito: Aumenta a onda de violência em Port Said

Em leitura:

Egito: Aumenta a onda de violência em Port Said

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia egípcia utilizou gás lacrimógeneo e disparou tiros para o ar com o objetivo de dispersar as centenas de manifestantes que protestavam pelo terceiro dia consecutivo na cidade de3 Port Said, situada à entrada do Canal Suez.

Desde domingo, dia em que seis pessoas morreram, três delas polícias, e 400 ficaram feridas, que continuam os protestos contra o Governo de Mohamed Mursi.

Os manifestantes acusam o governo de não ouvir as suas exigências e prometem continuar a campanha de “desobediência civil”.

Os motins começaram em fevereiro, após a condenação à morte de 21 pessoas, apoiantes do clube de futebol local por participarem num tumulto que acabou com 74 mortos.