Última hora

Última hora

Estaline morreu há 60 anos

Em leitura:

Estaline morreu há 60 anos

Tamanho do texto Aa Aa

José Estaline, o homem que dirigiu a antiga União Soviética com mão de ferro, morreu há 60 anos.

Uma sondagem publicada, esta terça-feira, revela que a popularidade de Estaline está em alta na Rússia. Mas vamos a números. 48 por cento dos inquiridos considera que o dirigente desempenhou um papel positivo, ou seja, mais do dobro dos que criticam a atuação de Estaline.

“Entre 1937 e 1938 foram detidas um milhão e 500 mil pessoas. 700.000 foram condenadas à morte” afirma Arseny Roginsky, presidente da Associação Memorial.

Em Gori, na Geórgia, terra natal de Estaline, foram muitos os que quiseram prestar homenagem ao antigo dirigente considerado um herói nacional.

“Estaline salvou o mundo da Alemanha nazi. Vir a público dizer que é idêntico a Hitler é um pecado, um crime contra a humanidade” afirma Alexander Lurmanashvili, líder de uma organização de apoio a Estaline.

60 anos depois, o antigo dirigente soviético continua a dividir a sociedade. Os analistas justificam a crescente popularidade de Estaline com a ausência de uma memória coletiva.