Última hora

Última hora

Grã-bretanha vai enviar ajuda para proteger rebeldes sírios

Em leitura:

Grã-bretanha vai enviar ajuda para proteger rebeldes sírios

Tamanho do texto Aa Aa

Um responsável dos rebeldes sírios pediu, esta quarta-feira, em Bruxelas, à comunidade internacional, o fornecimento de armas e munições para continuarem a resistir aos ataques do exército sírio.

A Grã-Bretanha já se disponibilizou para enviar ajuda, incluindo técnicos e equipamentos especializados, mas com o objetivo de ajudar e proteger, não de atacar o exército sírio.

William Hague, Ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, explica:

“Em conjunto com a Coligação Nacional estamos a identificar o equipamento de proteção mais adequado para eles e para salvar mais vidas. Isso certamente vai incluir, por exemplo, veículos blindados de tração às quatro rodas, para ajudar a oposição a movimentar-se livremente, bem como equipamentos de proteção pessoal.”

Enquanto o número de refugiados não para de aumentar, e já atingiu um milhão, a Liga Árabe está dividida sobre a possibilidade de deixar a oposição síria assumir o lugar do país na organização. Iraque, Argélia e Líbano opõem-se.