Última hora

Última hora

Violência continua em Port Said

Em leitura:

Violência continua em Port Said

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de manifestantes continuam a desafiar as autoridades em Port Said, no Egito. Os confrontos com as forças de segurança fizeram mais de 150 feridos.

As forças armadas foram enviadas por indicação da Presidência para proteger as principais instituições da cidade.
Os distúrbios já causaram seis mortos, entre os quais três polícias, desde domingo, quando o Ministério do Interior egípcio anunciou a transferências dos presos da prisão de Port Said por motivos de segurança, o que gerou o protesto dos familiares dos réus.

“Mursi quer recriar o cenário sírio aqui. Ele age como Bashar. Nós esperamos que Deus o castigue.”

O enviado da Euronews Mohammed Shaikhibrahim explica que : “Uma parte importante da população em Port Said revolta-se novamente poucos dias antes da ratificação da sentença dos que foram julgados no Port Said pelo massacre no estádio. Paradoxalmente o que revolta as pessoas é que muitas gente continuam a ser morta e ferida no fim para salvar a vida de 20 acusados ​​à espera da execução. “