Última hora

Última hora

EUA enviam delegação oficial ao funeral de Chávez

Em leitura:

EUA enviam delegação oficial ao funeral de Chávez

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de trinta chefes de estado e representantes de 50 países aterraram ontem, ao longo do dia, em Caracas, para participar no funeral de Estado de Hugo Chávez.

Uma cerimónia que vai contar com a presença de aliados de longa data como o presidente cubano Raul Castro, que lembrou ontem que, o ex-presidente venezuelano, “já abriu uma porta na história que ninguém poderá fechar”.

Entre os presentes na cerimónia contam-se também líderes como a presidente brasileira Dilma Rousseff, que chegou a Caracas acompanhada do seu antecessor, Lula da Silva.

Na lista de convidados está também o presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad ou o líder bielorrusso Alexander Lukashenko.

Apesar das fricções do passado, os Estados Unidos vão também fazer-se representar no funeral por uma delegação oficial do congresso, depois do presidente Barack Obama ter afirmado, há dias, que “Washington espera poder ter uma relação mais funcional com o próximo líder venezuelano”.