Última hora

Última hora

Sul-coreanos preocupados com sanções da ONU à Coreia do Norte

Em leitura:

Sul-coreanos preocupados com sanções da ONU à Coreia do Norte

Tamanho do texto Aa Aa

Os sul-coreanos estão preocupados com as posições assumidas pelo regime de Pyongyang, e com as ameaças proferidas, na sequência de mais uma resolução das Nações Unidas a sancionar o país.

“No passado, a Coreia do Norte sempre continuou com as provocações, apesar das sanções da ONU. Não creio que a nova resolução mude a atitude da Coreia do Norte e estou preocupado com a declaração de Pyongyang de pôr fim ao armistício”, admite um jovem, nas ruas de Seul.

Separadas desde há mais de 60 anos, as duas Coreias assinaram, em 1991, um pacto de não-agressão, que visava resolver os diferendos de forma pacífica. Paz, é o que querem os populares que se manifestaram na capital do sul: “A resolução da ONU, de sancionar a Coreia do Norte, só vai piorar a situação. Não vai resolver o problema da paz na península. Por isso, sou completamente contra esta resolução”, explica um manifestante.

As ameaças de Pyongyang preocupam cada vez mais os sul-coreanos e fizeram subir de tom as tensões entre as duas partes da península.