Última hora

Última hora

Manhã sangrenta no Afeganistão: talibãs dizem tratar-se de uma "mensagem" para os EUA

Em leitura:

Manhã sangrenta no Afeganistão: talibãs dizem tratar-se de uma "mensagem" para os EUA

Tamanho do texto Aa Aa

Dois atentados suicidas no Afeganistão provocaram, esta manhã, a morte a cerca de 20 pessoas, entre as quais oito crianças.

Ao final da manhã, em Khost, no leste do país, um kamikaze terá visado uma patrulha conjunta das forças afegãs e da Nato. Um polícia e oito crianças morreram, duas ficaram feridas, na explosão, segundo as autoridades locais.

Horas antes, um outro bombista-suicida fizera-se explodir frente às portas do ministério da Defesa, em Cabul, provocando a morte a, pelo menos, nove civis e ferindo catorze.

Uma “espécie de mensagem” para Chuck Hagel, dizem os talibãs, que reivindicaram o ataque contra o ministério.

O secretário norte-americano da Defesa chegou, esta sexta-feira, ao Afeganistão, na sua primeira visita oficial ao estrangeiro. Tem encontro marcado com o presidente afegão para discutir a retirada das tropas da Nato do país.