Última hora

Última hora

Tragédia de Port Said: Egito a ferro e fogo após confirmação de pena de morte para fás de futebol

Em leitura:

Tragédia de Port Said: Egito a ferro e fogo após confirmação de pena de morte para fás de futebol

Tamanho do texto Aa Aa

Reações de cólera e violência, em Port Said, após um tribunal do Cairo ter confirmado a pena de morte de 21 fãs de futebol envolvidos na tragédia do estádio daquela cidade portuária.

Milhares de pessoas manifestam-se violentamente contra a decisão da justiça… Desamarraram barcos e perturbaram a navegação do Canal do Suez, onde se situa a cidade portuária.

A justiça confirmou as penas capitais, pronunciadas em janeiro último, contra 21 pessoas, julgadas pelos atos violentos que fizeram 74 mortos em fevereiro do ano passado, na sequência de um jogo de futebol entre uma equipa de Port Said e uma do Cairo.

A maioria das vítimas mortais pertencia aos adeptos do al-Ahly, o clube do Cairo. O drama produziu-se quando os adeptos do al-Masry, de Port Said, invadiram o estádio após a vitória do clube.

Ao todo, 73 pessoas foram julgadas e condenadas a penas mais ou menos pesadas.