Última hora

Última hora

Dia de referendo nas Malvinas

Em leitura:

Dia de referendo nas Malvinas

Tamanho do texto Aa Aa

Os habitantes das Malvinas começaram a votar este domingo num referendo de dois dias sobre a soberania do território disputado entre argentinos e ingleses. Mais de 30 anos depois da guerra ganha pelo Reino Unido de Margaret Thatcher, a Argentina voltou à carga a reclamar o território. Uma consulta popular foi então organizada pelas autoridades do Reino Unido e a vitória de Londres.

Dos 2500 habitantes, apenas 1650 têm direito de voto.

Buenos Aires considera o escrutínio uma ação de propaganda e acusa Londres de ter expulso os argentinos e repovoado o território insular com súbditos da rainha de Inglaterra.

A descoberta de petróleo nas Malvinas em maior quantidade do que a existente no mar do norte, aumentou a tensão e Buenos Aires chegou mesmo a
reformular junto das Nações Unidas a reivindicação de soberania. Na Argentina são frequentes as manifestações de apoio à presidente Cristina Fernandes, empenhada em recuperar o território, alvo de uma sangrenta mas rápida guerra nos anos 80.