Última hora

Última hora

Sentença dos tribunais inflama novos protestos no Egito

Em leitura:

Sentença dos tribunais inflama novos protestos no Egito

Tamanho do texto Aa Aa

O Egito volta a ser palco de confrontos violentos entre manifestantes e polícia, depois da justiça ter confirmado, ontem, a condenação à pena de morte de 21 pessoas, envolvidas nos distúrbios do ano passado no estádio de Port Said.

O governo egípcio declarou o estado de emergência na península do Sinai, tendo reforçado a segurança no Cairo e em Port-Said, depois dos protestos terem provocado pelo menos dois mortos e mais de 60 feridos.

Os manifestantes, que incendiaram a sede da federação egípcia de futebol e tentaram bloquear o tráfego marítimo no Canal do Suez, contestam não só a pena capital contra 21 adeptos de clubes de futebol, como a decisão do tribunal de absolver 28 pessoas, entre as quais vários agentes da polícia.

Três altos responsáveis dos serviços de segurança foram condenados a 15 anos de prisão, quando os manifestantes denunciam a passividade da polícia como a principal causa da morte de mais de 70 pessoas durante os distúrbios do ano passado.