Última hora

Última hora

Malvinas pronunciam-se claramente a favor da soberania britânica

Em leitura:

Malvinas pronunciam-se claramente a favor da soberania britânica

Tamanho do texto Aa Aa

Os habitantes das Malvinas votaram massivamente a favor da continuidade das ilhas sob a soberania britânica, ignorando as reivindicações da Argentina.

O referendo de dois dias contou com uma participação de 92 por cento e 99,8 por cento dos eleitores disseram “Sim” a continuar sob os desígnios de “Sua Majestade”.

O governador das Malvinas, Nigel Haywood, diz que é “uma demonstração bastante clara do que sentem os habitantes do arquipélago e da forma como veem o futuro. O direito à autodeterminação é um princípio primordial das Nações Unidas e não há expressão mais clara desse direito do que uma participação tão forte a favor do ‘Sim’.”

A consulta popular foi convocada pelas autoridades locais em resposta às pressões da Argentina, que pretende forçar o Reino Unido a negociações sobre a soberania das ilhas, reclamadas por Buenos Aires desde 1833.

O executivo argentino deixou claro que não reconhece o referendo, que considera ilegal.