Última hora

Última hora

Presidente do Bundesbank puxa "orelhas" a França

Em leitura:

Presidente do Bundesbank puxa "orelhas" a França

Tamanho do texto Aa Aa

Foi com preocupação que o presidente do Bundesbank, Banco Central alemão, anunciou esta terça-feira que foram colocados de parte milhar de milhões de euros para fazer face a potenciais riscos que bancos centrais europeus estão a tomar.

Jens Weidmann também teceu críticas a França: “Creio que França tem uma responsabilidade especial em fazer entender que as novas regras decididas durante a crise, e uma delas é o reforço da estabilidade e o pacto de crescimento, que essas regras novas têm de ser estritamente implementadas, e que não devemos estar à procura de escapes para fugir às regras”.

Weidmann recordou ainda que a crise não acabou e pediu aos governos da euro zona que cumpram as promessas, já que uma crise na euro zona é a maior ameaça que a Alemanha pode enfrentar.
E sublinhou estar preocupado com os riscos que o Banco Central Europeu está a correr ao ajudar bancos durante a crise ao, por exemplo, aceitar bens em troca de dinheiro, expondo a instituição a maiores perdas caso os bancos não consigam pagar.