Última hora

Última hora

Criador do novo Anel do Pescador é uma incógnita

Em leitura:

Criador do novo Anel do Pescador é uma incógnita

Tamanho do texto Aa Aa

O criador do novo Anel do Pescador, símbolo oficial do Papa, está ainda no segredo dos deuses.

Em 2005, a joia em ouro maciço usada por Bento XVI foi criada por Claudio Franchi. O artesão italiano apresentou na altura ao chefe da Igreja Católica dois aneis: um com um design clássico e outro moderno. A escolha recaiu sobre o primeiro. O segundo modelo foi colocado no Museu do Tesouro da Basílica de São Pedro.

“De acordo com a história e se remontarmos ao século XVIII verificamos que o anel tinha por objetivo selar documentos oficiais. Após a morte do Papa cabia ao camerlengo destruir o anel para evitar falsificações. No entanto, e para Bento XVI o anel tinha, apenas, um caráter simbólico” afirma Franchi.

O selo de chumbo e o anel do Pescador usados por Bento XVI foram entregues após a renúncia.

Para evitar falsificações a joia foi inutilizada. Avaliada, inicialmente, no mercado em 1400 euros, vale atualmente três vezes mais.