Última hora

Última hora

Francisco é o primeiro Papa sul-americano da história

Em leitura:

Francisco é o primeiro Papa sul-americano da história

Tamanho do texto Aa Aa

O argentino Jorge Bergoglio é o novo líder da igreja católica romana e o primeiro Papa latino-americano da história. Tem 76 anos, raízes alemãs e é filho de um italiano. Era arcebispo de Buenos Aires, cidade onde se fazia notar por andar, apesar do cargo, nos transportes públicos e também de bicicleta.

A humildade é também destacada no novo Papa pela opção de viver num modesto apartamento de Buenos Aires e não no palácio a que tinha direito como arcebispo. Diz-se também que cozinha as próprias refeições – algo que deverá agora deixar de fazer no Vaticano.

Sonhava ser engenheiro químico, mas em 1958 decidiu-se pela doutrina da Fé. Foi ordenado pelos Jesuítas em 1969. Estudou teologia e formou-se tambem em filosofia. Pelas mãos de João Paulo II, chegou a bispo em 1992 e a cardeal em 2001.

Há oito anos, na eleição de Bento XVI, foi dos que mais votos recebeu, num conclave decidido, então, à quarta votação. Agora, após cinco votações, mas também ao segundo dia do conclave, Jorge Bergoglio foi eleito como o novo Papa e passa a denominar-se aos olhos de Deus como Francisco I: é o número 266 numa linha papal em que sucede a João Paulo II e a Bento XVI.

Para além do nativo castelhano, Francisco I fala bem italiano – idioma que usou no primeiro discurso após a eleição – e também alemão.

A eleição de Francisco I, esta quarta-feira, fica, por fim, fixada numa data curiosa: o dia 13 do mês três de 2013. Habemus Papam!