Última hora

Última hora

Familiares distantes celebram nomeação de Papa Francisco

Em leitura:

Familiares distantes celebram nomeação de Papa Francisco

Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto o Papa Francisco pronunciava a primeira oração Angelus na Praça de São Pedro, no Vaticano, familiares distantes do novo Sumo Pontífice juntaram-se numa missa na pequena aldeia de Portacomaro, para celebrar a nomeação de Jorge Mario Bergoglio.

Como um grande número de argentinos, o novo Papa tem origens italianas. O Pai, nascido em Turim, viveu na região de Asti, no noroeste de Itália, antes de emigrar para a Argentina.

O Sumo Pontífice visitou Portacomaro várias vezes, a última das quais em 2005.

Daniela Bergoglio, uma prima afastada, diz que “ele mantém uma ligação forte com a região e já mostrou isso no passado” e acrescenta que espera que “ele volte em breve”.

Outro primo afastado, Delmo Bergoglio, afirma que “há uma atmosfera especial e um grande orgulho”, explicando que vive numa aldeia de “agricultores e pessoas simples” e, por isso, “é quase incrível pensar que [o Papa] é originário daqui”.

O correspondente da euronews, Claudio Rosmino, explica que em Bricco Marmorito, pequena aldeia vizinha de Portacomaro “a poucos quilómetros de Asti, está a antiga casa da família Bergoglio, onde encontramos as raízes do Papa Francisco”.

A propriedade, comprada há vinte anos pelo proprietário atual, passará certamente a integrar os circuitos turísticos da região.