Última hora

Última hora

Mali: Alemanha vai continuar a apoiar esforço de guerra

Em leitura:

Mali: Alemanha vai continuar a apoiar esforço de guerra

Tamanho do texto Aa Aa

A Alemanha vai continuar a apoiar o esforço de guerra no Mali mas as tropas de Bamaco têm de conseguir assegurar a defesa do país a prazo. Esta foi a principal mensagem do ministro da Defesa alemão que esta segunda-feira viajou até à nação africana. Thomas de Maizière visitou os militares alemães que se encontram no Mali no quadro da missão europeia de formação e aconselhamento ao exército nacional. O responsável germânico reuniu-se com o presidente provisório Dioncunda Traoré e insistiu sobre a necessidade da realização de eleições este verão.

Entretanto, a operação militar francesa iniciada no dia 11 de janeiro registou este domingo a quinta baixa mortal. As tropas gaulesas deveriam começar a deixar o país em breve, mas os analistas duvidam. Durante os dez meses em que o norte do Mali esteve sob dominação dos islamitas foi criada uma rede logística difícil de desmantelar numa área desértica do tamanho da França. Vários testemunhos relatam também a facilidade com que os combatentes recrutam em áreas pobres e sem perspetivas de futuro, como é a zona do Sahel.