Última hora

Última hora

Presidente da Bielorússia nega que queira passar o poder ao filho

Em leitura:

Presidente da Bielorússia nega que queira passar o poder ao filho

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da Bielorússia, Aleksander Lukashenko, voltou a surpreender ao afirmar que nunca entregará o poder a um filho, depois de, recentemente, ter apresentado o filho mais novo como seu sucessor.

A declaração surge numa entrevista publicada no site da estação de televisão, Russia Today.

“Não, nunca pensei nisso. Para ser honesto devo dizer que nunca passarei o poder a familiares meus, filhos ou não. Está fora de questão”, afirmou.

Mas não foi a única coisa surpreendente que saiu da boca do líder bielorrusso. Lukashenko afirmou ainda que nunca perdoará os homossexuais.

“Pronto, perdoo as mulheres por serem lésbicas, mas nunca perdoarei os homens homosexuais, nunca em toda a vida. Porquê? Porque uma mulher só se torna lésbica se o homem for um miserável.”

As declarações nos media daquele que é considerado o “último ditador da Europa” são escassas, mas não passam despercebidas.

As últimas imagens públicas de Lukashenko são estas do funeral de Hugo Chavez, acompanhado do filho Kolya, o alegado sucessor de apenas sete anos.