Última hora

Última hora

Síria: Ghassan Hitto descarta qualquer diálogo com regime de Bashar al-Assad

Em leitura:

Síria: Ghassan Hitto descarta qualquer diálogo com regime de Bashar al-Assad

Tamanho do texto Aa Aa

Aplaudido por americanos, criticado por russos, o novo primeiro-ministro interino sírio eleito pela oposição em Istambul descartou qualquer hipótese de vir a negociar com o regime de Bashar al-Assad.

Após 14 horas de reuniões da Coligação Nacional Síria na capital turca, Ghassan Hitto acabou por ser o eleito e no discurso inaugural afirmou isso mesmo: “Nós confirmamos ao grande povo sírio que não haverá diálogo com o regime
de Al-Assad”.

Desconhecido dos revolucionários do seu país, apesar de colaborar com a rebelião desde o início desde os Estados Unidos, onde vive, Hitto tem grandes desafios pela frente.

Mohammed Faruk Tayfour, membro da Irmandade Muçulmana síria, explica que “a questão da segurança e a liberação dos territórios especialmente para os membros das forças de segurança, para que possam voltar a ter uma vida civil normal, são os grandes desafios” do novo primeiro-ministro da oposição.

Presente na reunião da Coligação Nacional Síria esteve o corresponde da euronews.

“Após difíceis negociações, a oposição síria elegeu um primeiro-ministro interino. Mas o verdadeiro trabalho começa agora. Será que o novo chefe de governo vai ser capaz de criar um governo na Síria? É com esta questão em mente que os delegados vão deixando a sala de reuniões.”