Última hora

Última hora

Visita de Obama a Israel irrita palestinianos

Em leitura:

Visita de Obama a Israel irrita palestinianos

Tamanho do texto Aa Aa

O novo executivo israelita tomou posse segunda-feira sob a liderança de Bejamin Netanyahu, terceiro mandato como primeiro ministro.

A coligação é formada pelo partido Likud, de Netanyahu, o ultranacionalista Yisrael Beiteinu e os representantes do movimento colono, além de dois pequenos partidos de centro.

Netanyahu manifestou a expectativa de revigorar os esforços de paz, que permaneceram congelados durante os últimos quatro anos em que ele esteve no poder.

Este será o primeiro governo sem partidos ultra-ortodoxos desde praticamente há 35 anos.

A minoria ultra-ortodoxa representa cerca de 8 por cento da população do país mas o nível de influência nas instuições fica agora mais reduzido.

Esta terça-feira, o presidente Barack Obama visita Israel e em Ramallah um grupo de palestinanos aproveitou para lhe dar as boas vindas.

Um gesto de revolta contra o silêncios de Washington face às sucessivas violações do direito internacional por parte de Israel nos territórios ocupados da Palestina.