Última hora

Última hora

Bashar Al-Assad visita escola em mais um dia de confrontos na Síria

Em leitura:

Bashar Al-Assad visita escola em mais um dia de confrontos na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

A violência continua a pautar o quotidiano, na Síria, um dia depois de um ataque com armas químicas na província de Alepo. Regime e oposição acusam-se mutuamente da autoria do ataque químico que provocou a morte a 31 pessoas. Paris, Londres e Washingzon já exigiram a abertura de um inquérito por parte da ONU.

Esta quarta-feira ficou marcada por violentos combates um pouco por todo o país, que terão feito, pelo menos, três dezenas de mortos.

Segundo o Observatório Sírio dos Direitos do Homem, sediado em Londres, as forças do regime bombardearam o sul de Damasco enquanto a aviação efetuou raides sobre os bastiões rebeldes no norte e centro do país.

Esta quarta-feira ficou também marcada pela primeira aparição pública de Bashar Al-Assad desde janeiro. O presidente sírio visitou uma escola de Damasco onde prestou homenagem aos estudantes e professores mortos durante os dois anos de guerra civil no país. Uma guerra que, segundo a ONU, já matou mais de 70 mil pessoas.