Última hora

Última hora

Palestinianos protestam contra visita de Obama

Em leitura:

Palestinianos protestam contra visita de Obama

Tamanho do texto Aa Aa

A visita de Barack Obama aos territórios palestinianos, agendada para esta quinta-feira, foi precedida por vários protestos de rua.

Na cidade dividida de Hebron na Cisjordânia, dezenas de manifestantes palestinianos disfarçados com máscaras do ativista dos direitos humanos Marthin Luther King denunciaram o que classificam de “apartheid” na cidade.

Vários colonos israelitas tentaram bloquear a marcha, atacando-se aos manifestantes, antes do exército se interpor entre os dois campos.

Na cidade de Gaza, controlada pelos islamistas do Hamas, Obama também não parece ser benvindo.

Centenas de manifestantes protestaram contra a deslocação do presidente, depois de Washington ter apoiado as recentes ofensivas israelitas contra o território.

“Obama tu não és benvindo à terra abençoada da palestina. Aqui somos todos palestinianos e estamos contra esta visita que só significa mais vergonha e humilhação para todos nós”, afirma um manifestante.

Um grupo de manifestantes palestinianos instalou igualmente um acampamento provisório numa área da Cisjordânia onde Israel tem previsto edificar um novo colonato.

A questão da expansão das colónias, reivindicada pelo governo israelita, está na base da ruptura das negociações de paz diretas há quase três anos.

A Casa Branca reconheceu que a visita de Obama não deverá trazer novidades neste campo, depois do presidente ter defendido, à chegada a Israel, esta quarta-feira, a existência de um estado palestiniano soberano, lado a lado com um “estado hebraico com em segurança”.