Última hora

Última hora

Cientistas apresentam "mapa do Universo"

Em leitura:

Cientistas apresentam "mapa do Universo"

Tamanho do texto Aa Aa

Os cientistas da Agência Espacial Europeia divulgaram uma imagem de alta resolução do Universo, tal como era 380.000 anos depois do Big Bang.

A imagem foi conseguida pelo satélite Planck através da tecnologia conhecida como radiação cósmica de fundo em micro-ondas. Não, não se pense que os cientistas usaram um eletrodoméstico para conseguir a foto. A tecnologia consiste em captar as radiações e colocar em imagem os espetros térmicos de corpos negros na faixa de micro-ondas.

A fotografia pode ser considerada um mapa do universo durante os primórdios. Há até quem lhe chame uma ecografia do Universo, quando ainda era finito

“Este mapa não está a desafiar as observações básicas já feitas. Por exemplo, a expansão do universo foi medida, está lá e não vai mudar. O que está a mudar é a nossa visão de como o universo começou, dos fenómenos que ocorreram no início, aquilo a que as pessoas chamam Big Bang”, diz Jan Tauber, um dos cientistas da missão Planck.

Esta descoberta permite estabelecer uma data mais precisa para o início do Universo, que terá acontecido há 13,81 mil milhões de anos.

Outra conclusão importante que os cientistas tiraram da imagem é que este mapa não é simétrico nem uniforme, ao contrário do que se acreditava.