Última hora

Última hora

Greve na Lufthansa paralisa aeroportos alemães

Em leitura:

Greve na Lufthansa paralisa aeroportos alemães

Tamanho do texto Aa Aa

A Lufthansa anulou mais de 670 voos por causa de uma greve marcada para grande parte do dia de hoje.

Quase todos os voos previstos para quinta-feira de manhã, com partida ou destino na Alemanha, foram anulados. A greve afeta sobretudo as principais bases da Lufthansa, Frankfurt e Munique, mas também os aeroportos de Berlim, Dusseldorf, Colónia e Hamburgo.

“Esperamos que a companhia tome nota desta ação. Depois, esperamos conseguir resultados nas negociações, para que não sejam precisas outras greves no futuro. Se a Lufthansa mantém a atual política, essa hipótese não está excluída”, diz Gerold Tschaub, do sindicato Ver.di.

Este sindicato pede um aumento de mais de 5% para o pessoal de terra, que representa cerca de 33.000 pessoas na Alemanha.

Pede ainda garantias de emprego, numa altura em que a concorrência das low-cost está a obrigar as companhias tradicionais a esforços para baixar os custos.