Última hora

Última hora

Nicolas Sarkozy arguido no caso "Bettencourt"

Em leitura:

Nicolas Sarkozy arguido no caso "Bettencourt"

Tamanho do texto Aa Aa

Nicolas Sarkozy foi constituído arguido no chamado caso “Bettencourt”. O ex-presidente francês saiu do tribunal de Bordéus já durante a noite de quinta-feira, sob a acusação formal de abuso de confiança da herdeira da L’Oréal. Passou várias horas numa acareação com o mordomo de Liliane Bettencourt, que diz ter visto o político várias vezes em casa da mulher mais rica de França.

Esta foi a segunda vez que Nicolas Sarkozy teve de responder aos juízes sobre o mesmo assunto. Da primeira vez foi considerado apenas “testemunha assistida”, uma figura jurídica a meio caminho entre testemunha e arguido.

Desta vez, os juízes consideram que Sarkozy terá abusado da confiança de uma pessoa enfraquecida pela doença. O advogado do ex-presidente anunciou apresentar recurso e pedir a nulidade da instrução.

Sarkozy terá alegadamente recebido envelopes com dinheiro de Liliane Bettencourt. Quatro milhões de deuros que terão servido a financiar, ilegalmente, a campanha eleitoral de 2007, que o levou ao Eliseu, de onde saíu o ano passado.