Última hora

Última hora

Xi Jinping em Moscovo na primeira viagem oficial ao estrangeiro

Em leitura:

Xi Jinping em Moscovo na primeira viagem oficial ao estrangeiro

Tamanho do texto Aa Aa

Xi Jinping, na sua primeira visita oficial enquanto presidente da China, foi recebido no Kremlin por Vladimir Putin, com toda a pompa e circunstância.

O encontro foi também a oportunidade para a assinatura de um contrato de fornecimento de energia de Moscovo a Pequim.

A Rússia é o maior produtor mundial de energia e a China é o maior consumidor.

A escolha da Rússia como primeira viagem oficial desde que Jinping tomou posse, este mês, é também uma forma de mostrar que os dois países tencionam formar um eixo financeiro e geopolítico que faça um contrapeso ao bloco ocidental formado pela União Europeia e pelos Estados Unidos.

Os discursos dos dois dirigentes foram uma troca formal elogios.

“Assim que tomei posse, vim à Rússia em visita oficial. Mantenho o compromisso de continuar a boa tradição de fazer a primeira visita oficial aos nossos países. Mostro assim o caráter especial da parceira entre a China e Rússia em todos os domínios, assim como a nossa cooperação estratégica”, afirmou Xi Jinping.

Ao que o presidente russo respondeu: “Há muito tempo que conheço o atual presidente chinês. Mantemos relações amigáveis há alguns anos. Mas esta é a primeira vez que Xi Jinping nos visita enquanto chefe de Estado e é a sua primeira visita ao estrangeiro desde que tomou posse. Apreciamos particularmente este gesto simbólico.”

Politicamente, os dois países têm uma visão comum. Ambos são membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU e já por três vezes vetaram as iniciativas ocidentais que visavam impor sanções ao regime sírio.