Última hora

Última hora

Parlamento cipriota aprova medidas de austeridade

Em leitura:

Parlamento cipriota aprova medidas de austeridade

Tamanho do texto Aa Aa

Numa corrida contra o tempo o parlamento cipriota aprovou várias medidas exigidas pela “troika” para ter acesso ao fundo de resgate para o setor bancário. Medidas como restrições aos movimentos de capitais, a criação de um fundo de solidariedade e a reestruturação de bancos. Mas o tão falado polémico imposto extraordinário sobre as contas bancárias só deverá ser votado este sábado. Fala-se no eventualidade dos pequenos aforradores serem poupados e de quem tiver mais de 100 mil euros ser taxado até aos 20 %.

Nikos Nikolaou, opositor socialista, afirma não existirem soluções fáceis e sem dor. “Neste momento de apelo às armas, o partido socialista vai jogar o seu papel”, declarou.

E o apelo às armas surge também nas ruas com o descontentamento popular. Em frente ao parlamento uma multidão esteve em protesto contra as políticas debatidas no interior da assembleia nacional.

Nicósia tem que conseguir reunir 5,8 mil milhões de euros para receber os 10 mil milhões de resgate da troika, isto depois do ministro das Finanças Michael Sarris ter regressado da Rússia de mãos vazias.