Última hora

Última hora

Futuro de Chipre na Zona Euro decidido nas próximas horas

Em leitura:

Futuro de Chipre na Zona Euro decidido nas próximas horas

Tamanho do texto Aa Aa

O governo de Chipre e a Troika ainda não chegaram a um acordo para evitar a bancarrota do sistema financeiro.

A ausência de um entendimento atrasou o arranque da reunião dos ministros do Eurogrupo, em Bruxelas, e a noite adivinha-se longa.

O plano de resgate no valor de 10 mil milhões de euros é vital para o país, mas Chipre recusa ceder às exigências do Fundo Monetário Internacional, Comissão Europeia e Banco Central Europeu.

O BCE admite interromper a assistência de liquidez de emergência dentro de algumas horas caso não seja encontrada uma solução.

Os cipriotas mostram-se cansados de tanta indecisão:

“Infelizmente, parece que não nos querem nesta situação. O melhor é que nos digam e nos mandem para casa e acabem com isto a que chamam de Europa. Basta” refere um homem.

Outro adianta: “ninguém aqui vai aceitar que destruam um país numa noite para que os políticos defendam os próprios interesses.”

O futuro de Chipre na Zona Euro vai ser conhecido dentro em breve.

Euronews: “chegou a hora da verdade para Chipre e para a Zona Euro. Os líderes europeus garantem que está tudo em aberto. Nicósia, pressionada pela banca, trava uma luta contra o tempo e o Banco Central Europeu ameaça acabar com a assistência de liquidez de emergência esta segunda-feira. Uma situação que ameaça fazer colapsar a economia cipriota.”

“Infelizmente, parece que não nos querem nesta situação. O melhor é que nos digam e nos mandem para casa e cabem com isto a que chamam de Europa. Basta” refere um homem.

Outro adianta: “ninguém aqui vai aceitar que destruam um país numa noite só para que os polítcios possam defender os própios interesses.”

Euronews: “chegou a hora da verdade para Chipre e para a Eurozona. Os líderes europeus garantem que está tudo em aberto. Nicósia, pressionada pela banca, trava uma luta contra o tempo e o Banco Central Europeu ameaça acabar com a assistência de liquidez de emergência segunda- feira. Uma situação que ameaça fazer colapsar a economia cipriota.”