Última hora

Última hora

Polícia investiga "morte inexplicável" de Berezovsky

Em leitura:

Polícia investiga "morte inexplicável" de Berezovsky

Tamanho do texto Aa Aa

Uma investigação à “morte inexplicável” do magnata e dissidente russo Boris Berezovsky, é assim que a polícia britânica está a lidar com o falecimento daquele que já foi um dos homens mais ricos e influentes, antes de se exilar no Reino Unido em 2001 face à luta declarada do Presidente Vladimir Putin a certos oligarcas.

As circunstâncias da morte de Boris Berezovsky estão por apurar, mas um dos seus advogados russos afirmou tratar-se de um suicídio devido a graves problemas financeiros. Foi encontrado sem vida em casa em Ascot Berkshire, Reino Unido.

Era amigo pessoal de Alexander Litvinenko, exilado russo assassinado com material radioativo em Londres. Feroz crítico de Vladimir Putin, deixou a Rússia depois de condenado a pesadas penas de prisão por desvio de fundos e branqueamento de capitais. A Grã-Bretanha sempre recusou a extradição, considerando-o refugiado político.