Última hora

Última hora

A versão baixo custo da Air France chama-se Hop!

Em leitura:

A versão baixo custo da Air France chama-se Hop!

Tamanho do texto Aa Aa

A Air France entra no setor do baixo custo. A companhia Hop!, lançada esta terça-feira, começa a voar a 31 de março. É a esperança da Air France para reanimar a sua divisão de voos curto e médio curso que, só em 2011, perdeu 700 milhões de euros.

A Hop! possui cem aparelhos, terá mais de 500 voos diários, 136 destinos e três mil funcionários. Nasce da fusão das companhias regionais do grupo Air France: a Brit Air, Regional Air e Airlinair.

Segundo o presidente da Hop!, Lionel Guerin, “é o verdadeiro renascimento do transporte aéreo regional em França e na Europa. O objetivo é reconquistar os clientes com preços mais baixos, mais acessíveis e mais transparentes”.

Os preços partem dos 55 euros e dependem da flexibilidade e da quantidade de bagagem.

O presidente da Air France, Alexandre de Juniac, visa a clientela mais jovem: “Precisamos de uma nova força comercial e de marketing com base numa nova marca que encarne o dinamismo, a juventude e a criatividade. Pensamos que havia uma grande necessidade”.

O lançamento da Hop! coincide com o anúncio de uma mudança na liderança do grupo Air France-KLM, número dois do transporte aéreo na Europa.

A partir de 1 de julho, Alexandre de Juniac substituiu Jean-Cyril Spinetta como presidente do grupo. Pela frente tem a difícil missão de avançar com o plano de reestruturação, numa conjuntura difícil.

A Air France-KLM pretende despedir cinco mil funcionários e reduzir a enorme dívida em dois mil milhões de euros até 2014.