Última hora

Última hora

Itália: Supremo anula absolvição de Amanda Knox e do ex-namorado por homicídio.

Em leitura:

Itália: Supremo anula absolvição de Amanda Knox e do ex-namorado por homicídio.

Tamanho do texto Aa Aa

Amanda Knox e o ex-namorado vão voltar a ser julgados pelo homicídio de uma estudante britânica em 2007. O Supremo Tribunal italiano anulou a absolvição e ordenou que os jovens fossem de novo julgados pela morte da britânica Meredith Kercher.

O Supremo aceitou o recurso do Ministério Público e da família da vítima que apontavam falhas no veredicto.

O advogado de Amanda Knox disse que a norte-americana está “chocada” e “muito triste” com a ordem para repetir o julgamento, mas que irá “continuar a lutar” para provar a sua inocência. Na mesma linha, a advogada de Raffaele Sollecito não contava com esta decisão do Supremo.

Amanda Knox partilhava casa em Perugia com Meredith Kercher, uma estudante britânica, encontrada morta no apartamento, violada e esfaqueada mais de 40 vezes.

Knox e o italiano Raffaele Sollecito foram condenados respetivamente a 25 e 26 anos de prisão, mas recorreram da decisão, por alegada contaminação do ADN, e foram ilibados. A norte-americana regressou aos Estados Unidos em 2011, após quatro anos numa prisão italiana.

O novo processo será julgado num tribunal de Florença.