Última hora

Última hora

Banca britânica precisa de 30 mil milhões de euros de capital extra

Em leitura:

Banca britânica precisa de 30 mil milhões de euros de capital extra

Tamanho do texto Aa Aa

Até ao final do ano, os bancos ingleses vão precisar de colocar de parte 29.500 milhões de euros em capital adicional para responder a eventuais perdas no setor imobiliário, à exposição na zona euro e a possíveis multas.

A revelação feita pelo Banco de Inglaterra parece ter afastado o pior cenário esperado pelos investidores, o de mais do dobro do valor.

Nesta fase, o banco central ainda não identificou quais as instituições que terão de aumentar o capital.

“Julgo que o mercado estimava uma subcapitalização para o sistema bancário inglês na ordem dos 60 mil milhões de libras. Alguns bancos não terão de fazer grandes mudanças ao abrigo das novas regras. É o caso do Lloyds. Talvez estejam numa melhor posição. Já o Barclays e o RBS terão de fazer reestruturações significativas, reduzindo em particular as operações do banco de investimento”, explica Oliver Burrows, do Rabobank.

Algumas instituições já atingiram as metas, mas poderão voltar a precisar de um aumento de capital depois de 2013. Os bancos terão de o fazer por meios próprios, tendo o Banco de Inglaterra avisado que não se coloca a possibilidade de injetar fundos públicos tanto no RBS como no Lloyds.