Última hora

Última hora

Imigrantes no Reino Unido reagem às declarações de Cameron

Em leitura:

Imigrantes no Reino Unido reagem às declarações de Cameron

Tamanho do texto Aa Aa

Como reagiram os britânicos às controversas declarações de David Cameron que pretende restringir as políticas de imigração? Na localidade de Ipswich, não é difícil encontrar quem tenha raízes no estrangeiro.

O pai de Maria Huntley veio de Itália para se instalar aqui, há 30 anos. Segundo Maria, “se uma pessoa contribuir para uma sociedade, sim, deve receber apoios. Mas, no fundo, diria que ele tem alguma razão.” Para outros, as palavras do primeiro-ministro britânico trazem o medo. Elsa, imigrante, revela que recebe ajudas por estar desempregada e que, se cortarem alguma coisa agora, vai ter sérios problemas, porque apenas a sua filha se encontra a trabalhar neste momento.

A memória das origens não é, muitas vezes, argumento. A mãe de Kenneth é grega. Mas para ele, não faz sentido ter pessoas de fora “a passar à frente dos britânicos, que depois ficam quatro ou cinco anos na lista de espera.”

Entre outros, Cameron pretende limitar para seis meses o período de que um cidadão estrangeiro dispõe para procurar trabalho no Reino Unido.