Última hora

Última hora

Jovem russo agrava tensão entre Washington e Moscovo

Em leitura:

Jovem russo agrava tensão entre Washington e Moscovo

Tamanho do texto Aa Aa

Nos últimos cinco anos, um jovem russo, que respondia pelo nome de Joshua Salotti, vivia numa família adotiva em Filadélfia, nos Estados Unidos. Mas Alexander Abnosov regressou agora, de forma turbulenta, à terra natal, concretamente à casa da avó, em Tcheboksary. Os alegados desentendimentos com a mãe adotiva terão provocado a rutura. Supostamente, foi posto fora de casa, algo que os pais adotivos negam. Mas as televisões estatais russas garantem que este é mais um exemplo de maus tratos por parte de famílias de acolhimento americanas.

Os relatos de Alexander não são, propriamente, muito diferentes doutros adolescentes: realça que a mãe não o deixava em paz, estava sempre a implicar com ele, mesmo quando estava sossegado no quarto.

A tensão está mais do que instalada. Moscovo aprovou uma lei que impede cidadãos americanos de adotarem crianças russas, uma medida considerada como uma retaliação contra Washington pelas consequências do caso Magnitski. Na capital russa sucedem-se manifestações pela proteção das crianças que foram viver para os Estados Unidos.