Última hora

Última hora

Síria: ONU aguarda autorização para investigar armas químicas

Em leitura:

Síria: ONU aguarda autorização para investigar armas químicas

Tamanho do texto Aa Aa

Imagens de vídeo amadoras, filmadas provavelmente em Deraa e Homs, mostram que a violência, continua, na Síria, entre rebeldes e forças fiéis a Bashar Al-Assad. A própria ONU decidiu reforçar, com veículos blindados, a missão nos Montes Golã, preocupada com a segurança dos capacetes azuis numa região onde se sentem os reflexos da guerra síria.

Entretanto, sabe-se que o coronel Riad Al-Asaad sobreviveu ao ataque de que foi alvo, no domingo. O coronel – desertor da força aérea de Damasco e fundador do Exército Livre da Síria – foi tratado na Turquia.

Quanto às acusações de uso de armas químicas, o cientista sueco Ake Sellstrom, nomeado pelas Nações Unidas, enfrenta agora o quebra-cabeças de formar uma equipa para começar as investigações na próxima semana. Investigações para as quais Bashar Al-Asad ainda não deu luz verde. A ONU pede um acesso “sem entraves” ao território do país.

O presidente sírio reuniu esta quarta-feira o executivo para analisar uma saída para a crise, que passe por um diálogo nacional – mas só com membros não armados da oposição.